Grupo de Trabalho para o Investimento Social

Home O Laboratório Grupo de Trabalho para o Investimento Social

O Grupo de Trabalho (GT) Português para o Investimento Social reúne algumas das instituições portuguesas mais influentes nos setores social, público e privado para refletirem sobre a catalisação de um novo mercado em Portugal. O produto final do trabalho deste grupo é um relatório que aponta um conjunto de cinco recomendações, e os seus respetivos planos de ação, para crescer o mercado de investimento social.

O relatório foi publicamente apresentado em Junho de 2015, no âmbito do Social Innovation World Forum’ 15.

Novas Abordagens para Mobilizar Financiamento para a Inovação Social em Portugal

Sumário Executivo

Vivemos tempos de crescentes desafios sociais. Números como os 17.4% de abandono escolar precoce, 34.5% de desemprego jovem, ou 46.9% de cidadãos em risco de viverem abaixo da linha de pobreza antes de transferências sociais, representam desafios sociais complexos e que exigem novas soluções.

No nosso país, o cerne das respostas existentes para estes desafios reside no trabalho das entidades da Economia Social. Existem mais de 55,000 entidades a operar por todo o país, representando 2,8% do Valor Acrescentado Bruto e 5,5% do emprego remunerado a nível nacional. A estas entidades – espinha dorsal dos serviços sociais em Portugal, todos os dias se juntam novas iniciativas com o objetivo de responder aos desafios sociais mais prementes. Iniciativas de inovação social como a Fruta Feia e o ColorADD fazem parte deste movimento e estão a redesenhar a forma como novas abordagens são testadas para resolver os problemas sociais no nosso país.

O interesse em desenvolver um mercado de investimento social em Portugal está a crescer: as entidades da Economia Social precisam de financiamento adequado, os investidores têm cada vez mais interesse em investir em iniciativas com impacto social que sejam sustentáveis e os reguladores e entidades do setor público estão a dar os primeiros passos para promover esta nova forma de financiamento.

Reconhecendo a importância de criar interesse em torno da questão, a Fundação Calouste Gulbenkian convocou o GT Investimento Social em Julho de 2014. Este projeto, co-financiado pela Comissão Europeia, tem como objetivo promover uma frente de liderança que conduza o desenvolvimento do mercado de investimento social que está a nascer em Portugal.

Durante este projeto, o GT Investimento Social procurou entender como podiam as diferentes partes do mercado – as entidades da Economia Social, as entidades do setor público que contratualizam serviços sociais, os intermediários, e os investidores – ser articuladas para que se criasse um ambiente favorável ao desenvolvimento deste novo mercado.

Grupos de Trabalho Internacionais e National Advisory Boards

Reino Unido
Download Pdf
Alemanha
Download Pdf
Japão
Download Pdf
Austrália
Download Pdf
França
Download pdf
Canadá
Download Pdf
Itália
Download Pdf
Brasil
Download Pdf