Monero vs Bitcoin

O BTC hoje é uma moeda digital que foi construída para ser um sistema descentralizado e um registro público transparente, ele também é a criptomoeda mais popular e valiosa. Ele também é aceito em todas as plataformas de negociação de criptomoedas. O Monero é um tipo peculiar de criptomoedas digital que aplica algoritmos criptográficos para garantir que todas as transações feitas na rede estejam ocultas e permaneçam inalteradas.

A rede de blockchain do Monero foi criado em 2012 e inicialmente se chamava BitMonero. Atualmente houve uma atualização da rede do Monero, que se espera que melhore a descentralização. A equipe de desenvolvimento do Monero também pretende substituir o algoritmo de Prova de Trabalho do algoritmo Cryptonight para RandomX. 

O Monero também foi desenvolvido para ser um dinheiro digital e servir como uma fortaleza no sistema de contabilidade e financeiro como uma aplicação secundária. No nosso mundo atual, quase todas atividades econômicas estão centralizadas no capital privado e por onde ele passa. O Monero é uma criptomoedas mais apropriada do que o Bitcoin. 

Como o Monero se difere do Bitcoin?

Certas características diferenciam o Monero do Bitcoin, incluindo;

  • Privacidade e rastreabilidade

O BTC hoje, a criptomoeda mais usada, opera em um protocolo que ajuda a proteger a identidade do usuário através do uso de endereços com pseudonomes. Os pseudoendereços compreendem principalmente a combinação de números e letras. Esses endereços não são totalmente seguros e privados, após várias transações feitas por um indivíduo usando um endereço em particular, esse indivíduo pode ser ligado e rastreado até chegar ao dono. Isso cria um padrão para o governo, amigos e família conseguirem rastrear a tendência de transações, por tanto, identificando o dono. A privacidade associada com transações de Bitcoin também é limitada já que tanto o endereço do Bitcoin quanto os detalhes das transações são registradas no blockchain onde elas podem ser acessadas pelo público. Por outro lado, o algoritmo criptográfico, como as assinaturas de anel, endereços escondidos e transações confidenciais de anel, usadas na rede Monero protege a identidade do expedidor, o endereço do recepto e a quantidade transacionada. 

  • Fungibilidade 

Essa é outra vantagem do Monero sobre o Bitcoin. A Fungibilidade simplesmente significa que duas unidades de uma moeda particular são capazes de substituição mútua. Por exemplo, duas notas de $1 não são fungíveis pois elas possuem diferentes números de série, porém duas pedras de 100 gramas de ouro são fungíveis pois elas não possuem nenhuma característica que as diferencie. A criptomoeda Monero é fungível, ao passo que o Bitcoin não é fungível. 

  • Segurança 

A rede de criptomoeda Monero é mais segura que o Bitcoin. O histórico de cada transação do Bitcoin é sempre gravado no blockchain, isso permite a identificação de unidades de Bitcoin que possam ser usados para roubos, apostas e fraude. Além disso, já que o histórico de transação é acessível no blockchain, as unidades de Bitcoin estão expostas a crimes digitais e roubos de BTC hoje, portanto, os usuários podem perder seus ativos. Em contraste, o histórico de transação na rede Monero é não-rastreável, o que garante que os participantes tenham uma rede mais segura sem o medo de perder seus ativos por conta de roubos digitais e hackers.